Você está aqui: Página Inicial Notícias Projeto no Rio recebe inscrições para oficinas de produção audiovisual

Projeto no Rio recebe inscrições para oficinas de produção audiovisual

27/05/2011

Depois de passar por Salvador, Volta Redonda e Cabo Frio, chega à cidade do Rio de Janeiro, o projeto ‘Laboratório – Experimentações Audiovisuais’. Idealizado pelo Instituto Claro, em parceria com a produtora Casa Redonda e os cineastas Philippe Barcinski e Marco Del Fiol, o projeto incentiva o aprimoramento de novos realizadores audiovisuais e reforça o conceito educativo do Festival Nacional de Curtíssima Metragem - Claro Curtas.

O objetivo da iniciativa é levar a diversas cidades brasileiras oficinas de produção de vídeo, com atividades práticas e teóricas, da estruturação da ideias até a captação e edição de imagens. No Rio, as oficinas, cujas vagas já foram preenchidas, acontecerão nos dias 7, 8 e 9 de junho no Complexo do Alemão e nos dias 11 e 12 em Manguinhos.

No dia 7 de junho, às 18h, o cineasta e educador Marco Del Fiol ministrará a palestra “Audiovisual e Mídias Móveis – Experimentação, expressão e aprendizado”, no Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes (Rua Itararé, 690 – Complexo do Alemão), onde também irão acontecer as oficinas. Já em Manguinhos, as oficinas acontecerão na Biblioteca Parque de Manguinhos (Av. Dom Helder Câmara, 1184 – Manguinhos).

O Laboratório - Experimentações Audiovisuais é parte da Plataforma Claro Curtas. O projeto é patrocinado pela Claro, por meio da Lei Estadual de incentivo a cultura do Governo do Estado / Secretaria de Cultura, e produzido pelo Centro de Cultura, Informação e Meio Ambiente (CIMA) e pela Casa Redonda.

Coordenadas por Philippe Barcinski e Marco Del Fiol, as oficinas, abertas a todos os realizadores e interessados por audiovisual, percorrerão várias cidades do país. Em módulos de apenas dois dias em cada local, num processo intenso de aprendizado e experimentação, os participantes de cada oficina produzirão vídeos de até três minutos e ensaios fotográficos, que serão publicados no site www.projetolaboratorio.com.br/ e exibidos nas comunidades beneficiadas pela iniciativa.

“A produção audiovisual era, até bem pouco tempo, privilégio de poucos. Hoje, no entanto, criar, produzir, editar e difundir conteúdos audiovisuais são práticas que estão ao alcance de quase toda a população. Com um simples celular, câmera fotográfica digital ou webcam é possível captar imagens e sons. A plataforma Claro Curtas busca justamente isso: estimular a experimentação, o aprendizado, a criação, e a produção do audiovisual via dispositivos móveis por todo Brasil”, explica Carime Kanbour, vice-presidente do Instituto Claro.

“Esta é uma oficina de linguagem. Não propomos uma ‘formação do olhar’, mas uma ‘reformação do olhar’. O participante é estimulado a fazer recortes do que vê e a ‘organizar’ essas imagens num discurso poético próprio. Cada um faz suas fotos, grava suas imagens e edita seus vídeos. Em cada etapa o participante é convidado a refletir sobre a sua produção e a do grupo”, comenta o cineasta Marco Del Fiol.

Além do Rio de Janeiro, ainda em 2011, as oficinas do Laboratório – Experimentações Audiovisuais vão percorrer os estados da Bahia, Minas Gerais, Pará e Rio Grande do Sul, compondo um circuito de aprendizado, criação, produção e difusão de vídeos e fotografias capazes de demonstrar os potenciais regionais de expressão por meio da linguagem audiovisual, de forma acessível e democrática.

Lançada no dia 30 de março, data do aniversário dos dois anos do Instituto Claro, a 3ª edição do Festival Nacional de Curtíssima Metragem - Claro Curtas propõe o tema “O tempo do agora” e traz novidades. A partir deste ano, será dividido em quatro categorias: Alunos do ensino médio, Universitários, participantes de ONGs, Pontos de Cultura e Cineclubes, e categoria Livre, voltada para os realizadores independentes. No total, serão premiados oito vídeos, sendo dois por categoria. As instituições de ensino vinculadas aos vencedores (com exceção da categoria Livre) também serão premiadas. São R$ 100 mil reais em prêmios, distribuídos em barras de ouro, equipamentos de gravação e edição e cursos de linguagem audiovisual.

Os interessados podem inscrever seus vídeos com duração entre 30 e 90 segundos feitos utilizando celulares, webcams, câmeras fotográficas digitais ou outros dispositivos móveis até o dia 17 de junho. Mais informações no site www.clarocurtas.com.br.

Fonte: Pauta Social

comments powered by Disqus