Você está aqui: Página Inicial Notícias Jovens da Guatemala se mobilizam por aprovação da Lei Nacional de Juventude

Jovens da Guatemala se mobilizam por aprovação da Lei Nacional de Juventude

01/06/2011

O Centro de Ação Legal para os Direitos Humanos (Caldh) e organizações de juventude da Guatemala divulgaram um comunicado convocando para conferência de imprensa, nesta terça-feira (31), para falar sobre a exigência da aprovação da Lei Nacional de Juventude. O projeto, que passou em abril de 2010 pela segunda de três leituras no Parlamento, propõe garantir os direitos dos jovens, assim como a sua participação na elaboração de políticas públicas.

Na Guatemala, a maioria da população tem entre zero e 25 anos. Entretanto, o Caldh avalia que a juventude está em grande desvantagem frente a outros setores nacionais, porque não há uma lei que lhes reconheça como tais e lhes garanta seus diretos frente ao clima de violência que vive o país.

Com a campanha eleitoral já  iniciada, os jovens organizados esperam uma resposta positiva dos deputados com a aprovação da Lei, considerando que, nestas eleições, 44% dos votantes terão entre 18 e 35 anos. No caso da resposta ser negativa, o movimento juvenil fará um chamado para que não se vote por certos partidos no próximo dia 11 de setembro, data da eleição presidencial.

Além da normativa, os jovens demandam ao Congresso que lhes seja designado um orçamento entre 30 e 40 milhões de quetzales (3,94 e 5,26 milhões de dólares) para contar com uma secretaria e um conselho, nos quais se discutam e se implementem as políticas públicas a favor da juventude.

Com informações da imprensa internacional.

Fonte: Adital

comments powered by Disqus