Você está aqui: Página Inicial Notícias Em Apucarana (PR), ação “Não Empurre a Adolescência com a Barriga” combate gravidez precoce

Em Apucarana (PR), ação “Não Empurre a Adolescência com a Barriga” combate gravidez precoce

27/05/2011

O Programa de Prevenção da Gravidez na Adolescência: "Não empurre a Adolescência com a Barriga" foi apresentado no último dia 18, em Apucarana, para profissionais de saúde e professores da rede pública. Eles participaram de três dias de capacitação para atuar no projeto que terá início nas escolas públicas na próxima segunda.

Coordenada pela Estratégia Saúde da Família (ESF), a capacitação teve como meta fazer a sensibilização para o trabalho que será realizado em 15 das 18 Escolas Estaduais de Apucarana, pertencente ao Núcleo Regional de Educação.

"Nosso objetivo é redução dos índices de gravidez de adolescentes no município de Apucarana. Para isso contamos com a colaboração dos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família, equipes do Núcleo de Apoio ao Saúde da Família (NASF) em parceria com o Núcleo Regional de Educação e Secretaria Municipal da Juventude", explica Maria Neusa Sousa de Oliveira, diretora geral da Autarquia Municipal de Saúde.

Durante o trabalho, foram discutidos temas como métodos contraceptivos, índices da gravidez no município de Apucarana, desenvolvimento dos adolescentes, gêneros/diversidades sexuais e os conflitos na adolescência e na família. Além desses temas, foram abordados violência, fluxo de adolescentes no município e na rede de atendimento a gestante, DST/AIDS, dinâmicas que serão realizadas nos colégios, materiais que serão utilizados e a fundamentação do projeto", explica a enfermeira Adriana Miranda, uma das coordenadoras do Programa.

O principal objetivo do projeto é a prevenção, orientação e a promoção da saúde sexual e reprodutiva, visando à redução dos índices de gravidez de adolescentes, no município de Apucarana, através de alunos multiplicadores dentro das escolas participantes do programa. O início dos trabalhos com os adolescentes nas escolas estaduais está previsto para o dia 23 de maio.

Já confirmaram a participação, 15 dos 18 colégios estaduais, pertencentes ao Núcleo Regional de Educação. O trabalho será desenvolvido com dois professores além de 20 alunos de cada instituição de ensino. Como metodologia de trabalho, serão realizadas oficinas, capacitações, dinâmicas de grupos, jogos didáticos, palestras com profissionais de saúde e educadores. Os temas em pauta serão: protagonismo juvenil; gênero e diversidade sexual; a sexualidade na adolescência, métodos contraceptivos e prevenindo a Gravidez na Adolescência e DST, HIV/AIDS.

Fonte: Apucarana Notícias

comments powered by Disqus